GARDEN STATE

garden-state.jpg

“Um dia a gente cresce e vai embora. O tempo passa, e quando voltamos, a casa ainda é a mesma, mas por algum motivo não nos sentimos em casa. Há objetos nossos por ali, e também muitas histórias, porém não há vontade de ficar. Um sentimento estranho toma a mente e aperta o peito. É como sentir saudade de um lugar que nunca existiu”

Do filme “Garden State” – A hora de voltar

Anúncios

8 comentários sobre “GARDEN STATE

  1. um mineirinho flamenguista? rs…
    ah, gostei da frase aí. concordo. acho que quando se sai de casa uma vez, deve ser estranho depois terque voltar. eu acho que não me acostumaria não.. rs..
    tudo bem com vc, moço?
    bjs.

  2. Assim como acontece com as pessoas.
    O tempo nos afasta delas e quando voltamos já não conseguimos ter um assunto em comum, ou liberdade para falar o mesmo. (:
    obrigada pela visita, passa por lá sempre. xD

  3. Oi Janpiter, na verdade coloquei aquela musica porque hoje faz 6 meses de namoro e como sou apaixonada por Roupa Nova achei que ficaria legal essa musica =]
    Muito obrigada pelo seu comentario, seu blog também esta muito bom.
    E é dificil mesmo quando sentimos saudades de alguma coisa e quando a conseguimos ainda sentimos um vazio, mas uma hora a gente descobre o verdadeiro motivo do nosso vazio e passamos a entender melhor esse sentimento..

    Beijos ;*

  4. Nunca vi este filme, mas depois deste trecho vou procurar pra ver!

    Muito interessante seu blog, passarei aqui mais vezes!

    Obrigada pelo comentário lá no meu… o engraçado é que eu nem tinha associado o rio do poema com o rio Arrudas! =)

    Beijos,
    Rafaela

  5. É. Eu vivi isso. Exatamente isso. Saí da casa na qual cresci para fazer a faculdade, voltei após 6 anos e, não foi apenas as cores das paredes que mudaram. Falar que moro no lugar tal, como falei quase a vida toda, não era repetitivo, era novidade. Acho que eu mudei. Nós nos deixamos mudar além do que o tempo pode, creio.

    Mais uma vez pedindo AQUELE perdão, mas, minha casa agora é hotel!
    Overlooka Hotel: um neologismo sem vergonhíssimo lembrando o grande Kubrick. O novo endereço está em meu “nome”, abaixo. Espero que me visite.
    Gosto de vir aqui, vc sabe.

    Fique bem. Sempre.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s