DE LUTO – Por Heath Ledger

heath-02.jpg 

Hoje fui ver ao filme “Eu sou a Lenda” do Will Smith. Antes de começar, um dos trailers foi o do “Batman – O Cavaleiro das Trevas”. E lá estava Heath Ledger, como o Coringa.

Engraçado que ontem, quando soube da notícia, logo fui ao Blog do Vinícius para confirmar. Dentre os comentários, todos concordaram que será difícil ver o Batman em maio sem sentir algo estranho.

Vou sentir falta do Heath. Acho que o mundo inteiro vai. Me acostumei a envelhecer junto com os atores. Me lembro do rosto infantil dele em “O patriota”, da adrenalina de “Coração de Cavaleiro” em dias de Seção da Tarde, das risadas do dia da sessão de “Casanova”, e claro, “O segredo de Brookeback Mountain” foi algo bem marcante.

O cinema perdeu, a Austrália perdeu… todos nós perdemos.

Eternamente jovem, durma em paz… talvez seus doces sonhos se realizem.

Réquiem: “Go to sleep, may your sweet dreams come true…”

Emmylou Harris – A Love That Will Never Grow Old

*LEIAM AS HOMENAGENS DO BLOG DO VINÍCIUS

Anúncios

21 comentários sobre “DE LUTO – Por Heath Ledger

  1. Realmente uma grande perda, até por ser um ator tão jovem e talentoso como era. Adoro todos os filmes que você citou, inclusive esses que passam sempre na Globo, acho que desde um tempo atrás o Heath mostrava que seria um dos melhores atores de sua geração. Agradeço profundamente a menção ao meu blog, mas também o parabenizo por esse belo post!

    Grande abraço.

  2. Quando ouvi a notícia também não acreditei… um dos filmes com que me apaixonei, lá nos áureos tempos da minha pré-adolescencia, tinha o Heath Ledger no elenco. Era “10 Coisas que eu odeio em você”, e desde então passei a acompanhar a carreira dele.

    O mundo com certeza perdeu um grande homem… resta-nos acreditar que ele está em algum lugar muito melhor do que este mundo em que vivemos!

    Muito bacana fazer uma homenagem pra ele!

    Beijos,
    Rafa

  3. OI RENATA: Também não me agradou o “Eu sou a lenda”, esperava mais. Foi muito alarde para pouca coisa. Acho que foi mais um filme daqueles que tinha uma boa proposta mas pecou no roteiro.

  4. HI ED: O Brokeback me marcou pois me fez enxergar o homosexualismo de uma outra forma; Duas pessoas que se amam. Contrario ao clichê imposto de devassidão associado a classe.

    Também foi o primeiro e único filme que vi em que dois homens se beijando ardentemente. Na época de “Filadélphia”, em que o Tom Hanks e o Antonio Banderas interpretaram um casal homo, e no fim houve uma insinuação de um beijo, lembro-me que foi algo muito polêmico e que inclusive mexeu com os ânimos da Igreja.

    Com o Brokeback foi maior a repercusão. Alguns países proibiram a veiculação. Marcou então a história, do cinema e do mundo.

    E também pensei no profissionalismo dos dois. Não é qualquer ator que estaria disposto, nem mesmo seria qualquer um que faria as cenas tão bem.

    Entre outras coisas…

    Um abraço.

  5. Oi JULIANA: Claro, eu não tinha laços mais próximo com ele.

    Não sei o quanto você gosta de cinema. Eu particularmente tenho meus atores preferidos. Acompanho a carreira deles e sempre esperando pelo próximo filme. E agora? O Heath tem dois filmes inéditos para serem lançados aqui no Brasil. E depois? O que esperar? Acabou, só isso.

    Pearl Jam? Gosta? não sei, mas se o Ed morresse, ficaria aquele gosto de dúvida sobre como seria o próximo trabalho. Entende?

    Ainda tem aquilo que comentei. O fato de envelhecer junto com os atores. Acho legal ver por exemplo o Di Caprio e o Mark Wahlberg em “Diário de um adolescente”, e hoje, muito depois, ver a dupla novamente em “Os infiltrados”. Os filmes marcam epócas. Faço ligações de como eu era naquele período, do que me aconteceu e etç.

    Sim, claro, muita gente legal morre todos os dias. Mas de poucas esperamos um próximo trabalho.

    Um abraço

  6. Piter, o mérito de um filme não é somente dos atores; aliás, raramente é. Quanto a filmes que exploram o universo homoSSexual, se este foi o primeiro que você viu que lhe “marcou” (e você gosta tanto de cinema, é tão integrado e tal), você deveria procurar conhecer mais de Godard, Almodovar etC.

    Sinto que, exceto no caso de The Godfather, você se apega muito ao cinema contemporâneo.

  7. Relamente ED. Não conheço tanto de cinema. Já vi muitos filmes antigos, mas poucos em relação ao que eu gostaria de ver. Falta tempo e recursos. Por aqui, as locadoras são bem contemporâneas, sem falar no fato de que não tenho Banda Larga nem TV a cabo.

    O cinema contemporâneo é mais fácil de se acompanhar, sabe disto.

    E claro Ed, o mérito é de todos que fazem o filme. Inclusive o Ang Lee é um dos melhores diretores que conheço.

  8. o cara é bom mesmo, fui atrás da vida dele na internet.

    P.S: desculpa por nao te responder no msn, so vim trabalhar hoje a tarde, estava usando o meu pc.

    bju

  9. Merecida homenagem.
    Gostava muito do trabalho dele. Mesmo.
    Gostei da sua atuação em todos filmes que eu assisti.
    Em uns mais, em outros menos.
    Brokeback é um filme maravilhoso.
    A direção de Lee fantástica, Jake e Heath foram perfeitos para os papeis. Sem falar da trilha sonora.

    Triste.

    Abraço.

  10. fico muito triste também quando o ator que nos tráz alegria e ótimos momentos se vai, dexam a saudade e os bons filmes que atuaram, nessa forma nunca morreram em nossas mentes.

    bjo

  11. lembrarei dele em “10 coisas que eu odeio em você”.
    Nao dá pra enternder como esse tipo de coisa acontece.

    Mudando de assunto: adoro Will smith =)

    beijo

  12. Entendo a tua dor. A saudade de alguém que um dia nos fez sonhar é para toda a vida! Mas no fim tu haverás de ver que tudo é passagem e espero que continue a sonhar…

    beijocas.

  13. Caramba… fiquei mó triste quando soube quE ele morreu. É estranho aceitar que algo tão incomum aconteça. Certamente se antes ele estava insatisfeito com sua vida, agora ele deve estar mais feliz e aliviado. É o bem-estar que importa.
    BJ

  14. “O segredo de Brookeback Mountain” foi algo bem marcante.”

    “me marcou pois me fez enxergar o homosexualismo de uma outra forma; Duas pessoas que se amam. Contrario ao clichê imposto de devassidão associado a classe”

    cara, homossexualismo é nogento e repugnante cara!!! como podem concordar com isso….e na boa, não é pre-conceito imposto por uma sociedade, pelo menos pra mim, hipocrita como a que temos hoje.

    A própria bíblia fala que não rola o lance de homossexualismo. Homem deve ser homem e mulher, mulher cara…
    Axu ki devemos então rever os conceitos….
    áh, nos dia de hoje, a sociedade de tão inescrupulosa que éh, nem nega mais o homossexual e sim os acolhe…então isso me faz crer ainda mais que os dias mals ja chegaram!!!

    Abraços!!!

    ps.: Não tome isso como pessoal, pois de fato não éh….apenas uma opinião..e se por acaso vc for homossexual, não irei lhe pedir desculpas e sim para que olhe pra dentro de sí e veja si é isso mesmo a coisa natural!! voce ja sabe a resposta, não é mesmo?!!!

  15. Ainda sinto a morte do meu ator favorito;é um disperdício que uma pessoa jovem e com tanto talento tenha ido embora.gostaria de colecionar todos os filmes dele.ele é a estrela que nunca vai parar de brilhar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s