ECUADOR Y VENEZUELA X COLÔMBIA

Nem mesmo o mais eloqüente dos esquerdistas nega a possibilidade de as Farc, as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, ter tentado efetuar a compra de material para produção de armas nucleares como os noticiários têm apresentado. Na verdade muitos até gostariam que o boato fosse um fato. Entretanto, todos sabem que não basta somente ter urânio. É preciso tecnologia, mão de obra e equipamentos especializados para se construir tais bombas. Algo que nenhum país latino-americano conseguiu nem mesmo nas décadas de ditadura. Mas isto não vem ao caso. O fato é que estes rumores vêm sendo inventados pela mídia para desviar as atenções do principal problema que a América do Sul vive hoje.

A Colômbia invadiu a fronteira do Equador para cometer uma execução de um membro da guerrilha. Ainda que fosse por uma causa nobre, não se justificaria. Nos países da Europa e nos EUA, certamente haveria uma retaliação. E mais, o governo colombiano não consegue combater as Farc dentro do seu próprio território, o que dirá em terras estrangeiras. Se não houver uma punição ao governo da Colômbia e um pedido formal de desculpas à nação equatoriana,  será este evento um precedente muito perigoso.

O certo é que ninguém ganha com este atrito e somente o povo será prejudicado. O clima de mal estar já começou entre as duas nações, que nunca tiveram problemas entre si, e futuramente pode se tornar um caso de inimizade radical, como hoje são os libaneses e israelenses. Portanto não é justo que o povo pague por erros de um presidente ignorante, irresponsável, arrogante e de pouca inteligência.

Sobre o presidente colombiano Álvaro Uribe e os EUA:
“Ele é como um poodle que, no colo do dono, esboça algum tipo de valentia”

Anúncios

14 comentários sobre “ECUADOR Y VENEZUELA X COLÔMBIA

  1. Confesso que não estou muito a par deste assunto, na verdade nem deste nem de muitos outros… Fim de curso exige exclusividade de atenção… =/

    Mas pelo que li aqui, acho que essa deve ser mais uma daquelas histórias em que interesses de poucos sobressaem-se aos interesses de muitos. E adivinha quem perde no final? =\

    Xerus
    =***

  2. Como jogo no time de Nay… também sei quase nada do que está acontecendo no mundo… mas você disse o essencial: quem se prejudica? É triste e é verdade!

    beijocas.

  3. olá jean, bom texto, em poucas palavras revela o grande problema que estamos enfrentando por aqui… isso me lembra um fato que, diretamente, não corresponde ao assunto que você citou, mas que igualmente pode gerar inimizades, preconceitos, estereótipos: nossa situação com a espanha é muito triste. a generalização e a falta de tato com estrangeiros brasileiros na espanha podem desencadear um processo de estigmatização da nação brasileira e de um ressentimento para com os espanhóis. e dizem que vivemos num mundo sem fronteiras… as fronteiras estão principalmente na mente e no coração humanos.

  4. Realmente Manoela, agora começamos a ter problemas com os espanhois.

    Há algo de incoerente com a postura do Itamaraty, o chamdo “princípio da reciprocidade”.

    Tal postura está sendo usada somente com os espanhois. Os norte-americanos, que tratam os brasileiros como um lixo qualquer no país deles, quando chegam aqui são tratados com rei.

    Vai entender.

  5. “Nos países da Europa e nos EUA, certamente haveria uma retaliação”.

    Depende. Se fossem os Eua a ter suas fronteiras invadidas, sim, haveria retaliação. Já o oposto acontece constantemente.

    Essa briguinha de quintal é uma pasmaceira, um circo para o Chávez vir a mostrar a cara gorda e o uniforme rouge.

  6. A questão é delicada e envolve posicionamentos ideológicos, ingredientes de impacto nas tomadas de posições geralmente carregadas de paixões e subjetivismo. Mas creio que quanto a ideologias é necessário que haja respeito e convivência pacífica entre as várias corrrentes com soluções diplomáticas para seus conflitos. Eu não comungo com nenhum discurso ou atitude beligerante e neste caso em particular reprovo a forma como se deu a invasão territorial bem como quanto ao ato de beligerância em si mesmo, mas posso compreender a motivação da atitude de Uribe, tomada com ou sem o aval dos imperialistas da norte américa. O ato aconteceu dentro do território colombiano – o que é mesmo um precedente perigoso – mas visou guerrilheiros colombianos lá acampados e não turistas fazendo piquenique no território equatoriano e, aliás, não tinham sua presença rechaçada por Rafael Correa, o presidente do Equador, conhecidamente subalerno e alinhado de Chavez em seus delírios neobolivarianos.

  7. Obrigada pelo comentário no meu… já foi recíproco o sentimento, mas acredito que hoje não o seja mais… infelizmente!

    Essa situação toda das FARC deu o que falar, mas no fim resolveu-se tudo diplomaticamente… eu imaginava que sairia dali uma guerra, ou algo assim… ainda bem que não né!

    Beijos,
    Rafa

  8. Quando que alguém vai imaginar que algo tão.. perigoso pode vir a acontecer tão perto?
    É o tipo de pedra que a gente sempre acha que vai cair na janela do vizinho(o vizinho mais afastado, tipo.. outro continente, no caso).
    Mas sempre tem os comentários animadores do Fidel:
    “Já se escutam com força as trombetas da guerra”(Veja dessa semana)

    E o povo sempre paga pela burrice dos outros… seja lá ou seja aqui n brasil mesmo.

  9. Em primeiro lugar, quero pedir sinceras desculpas pelo sumiço. Tive alguns probleminhas na hospedagem do blog e só há pouco tempo consegui resolver por completo. Agora [graças aos céus!] está tudo bem, e tudo em ordem.
    Também venho aqui p’ra convidar-te a ir lá no blog, comemorar comigo as 112.000 visitas, das quais fizeste parte e sou muito grata.
    Passa lá pra comer um bolinho comigo, ok? Te espero.

    Beijocas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s