HOME SWEET HOME

Regressar a um lugar onde se passou a infância é como colocar o Mundo de Oz na palma da mão. Esse espaço de cimento e aço que agora atravesso com pouco mais que uma dúzia de passos era quase uma selva, onde até conseguíamos nos esconder. Passávamos aqui horas a fio em mil outros universos inventados até que o cansaço nos vencesse, sempre um pouco antes do sol se por. Caíamos no poço toda noite. Éramos samurais, ladrões, e qualquer coisa que a gente quisesse.

Não pode ser o mesmo lugar. Não quero crer que seja.

Enxergo ferrugem, mofo e todos os desgastes da ação do tempo e da falta das mãos que cuidam. A ausência dos bons anciãos é inconsolável. Não há mais um Bob, Rex, Jack ou Duque, nem camélias, margaridas ou violetas. O gênio que conta as horas levou pra longe os meninos e concedeu a eles o desejo de crescer. São chamados agora de senhor e senhora. E os que não se perderam pelo caminho, também andam com saudade dessa casa, que já foi um lar, mas que sem vida, agora é só uma casa.

Hoje, a três meses de um novo ano, os dias se acabam no intervalo de um café e outro.

___________________________________________________________________________________________________

Ao som de Damien Rice and Tori Amos – The Power Of Orange Knickers

Anúncios

14 comentários sobre “HOME SWEET HOME

  1. Um foto linda, um texto inspirador e uma atmosfera de infância e saudade que me persegue por onde quer que eu vá, mas que eu amo de todo coração!
    Bjo pra ti!

  2. Como não querer um lugar assim,onde podemos ser o que sonhamos.Um lugar único cheio de emoções ,livre de qualquer dor e culpa, livre de perseguições, onde o sonho é uma realidade que deixou os pesadelos!
    Gosto de pensar na possibilidade de ser um desses personagens, e me imaginar em um mundo perfeito… ser o que se quiser, onde a regra é a satisfação de todo dia acordar tendo uma nova aventura.Fantástico! Mas o café ainda está quente na mesa ao lado de uma linda pessoa, lá fora se contempla a beleza das violetas e camélias e o menino que teve um desejo concedido amadureceu e trouxe paz para o coração daquela linda moça….

    como sempre lindo, texto e belas palavras!
    abraços.

  3. a incrivel passacidade de destruição do homem.
    adorei a ultima frase, tudo se acaba tão rapidamente quato vemos o tempo passar, entre um café e outro tudo mudou, tudo foi.

    beijos

  4. lembro-me da primeira vez qeu estive no seu blog, acho que fiz um comentário meio nada av com seu texto, você estava meio down, queria ajudar, daí ficamos aos poucos amigos, as lembranças nos tornam mais fortes, nos alimenta.

    beijão

  5. Que triste isso…meninos que deixaram de ser meninos e agora são chamados senhores e senhoras, sabe que fico imaginando a minha infancia, era bom ser criança e ter o mundo inteiro na palma da mão!
    Pena que tempo passa e leva tudo com ele!

    Bjusssssss

  6. É engraçado, quando somos crianças vemos o mundo comuma perspectiva tão melhor, tão maior… Engraçado ou triste?!

    O tempo não perdoa nada! =/

    Xerus
    =***

  7. Tem dias que mantenho meu espirito de Peter Pan, o de nunca querer crescer. Mas nao sei se seria melhor assim. É impossivel fugir do tempo. Ou matá-lo. Visto que é ele que nos enterra (já dissera nosso grande escritor.)

  8. é mesmo… o tempo voa e passa.. como água escorrendo por nossas mãos não é? Bom, pelo menos as boas lembranças ficam (e as vezes algumas pessoas acompanham as lembranças rsrs)
    Um Beijão!!!

  9. O relógio corre tanto que num piscar de olhos o sol se põe e a lua nasce. Ando com a sensação de que me roubaram alguns meses esse ano =)
    Belo texto…linda foto.

    bj.

  10. Oi!

    Caramba, o Mundo de Oz está cada vez mais perto de se tornar possível somente em nossa memória, não é mesmo?
    Lembranças… ainda bem que nós as temos.

    Venha me visitar qualquer momento desses?!

    Beijos, a gente se escreve! ;***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s