SOBRE RACISMO E COTA PARA NEGROS

No último dia 20, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria a reserva de 50% das vagas das universidades públicas federais para os alunos que tenham concluído o ensino médio integralmente em escolas públicas. A medida se estende a instituições federais profissionalizantes – escolas técnicas.

Um dos critérios de seleção será o da renda per capita de até um salário e meio (R$ 622,50), ou seja, pobres – para não usar o eufemismo “de baixa renda”. E após a implantação de uma grade padronizada de disciplinas, será considerado o rendimento de cada estudante – média de notas. Uma iniciativa louvável ao meu ver, e que já vem tarde.

O que não me agrada é saber que uma porcentagem dessa cota será destinada aos que se declararem negros ou indígenas. Um critério ridículo. Primeiro, por um consenso mundial da biologia, há muito tempo não se usa mais o termo “raça” para determinar povos. Raça é subespécie, o que indica diferença genética. Entre os seres humanos, essa diferença é de 3 a 5%. Valor considerado insignificante para a ciência.

Já o termo “etnia”, esse também é usado de forma errada. A palavra é derivada do grego “ethos”, que significa povo. Mas que é freqüentemente usada para suavizar o discurso sobre negros.

Meu amigo Ed chegou a comentar algo comigo certa vez do tipo que, se sairmos as ruas com uma camisa escrita “100% branco”, ou “ariano”, certamente seremos chamados de nazistas, e talvez presos. Se alguém sai com uma camisa escrita “100% negro”, ou “Preto tipo A“, é valorização da cultura. Se uma mulher diz que fulano é “um negão e tanto” é bom gosto. Se nos referirmos a uma pessoa como “preta”, é racismo.

Há na internet uma infinidade de sites que fazem apologia aos negros. Como esse. E ninguém diz que isso é crime. Foram escravizados? Sofreram? Não tenho nada com isso. Até porque, é sabido que negros vendiam negros como escravo. E ainda hoje, negros matam negros todos os dias na África.

O preconceito está entre os negros, que se fazem de coitados para conseguirem algum benefício. A partir do momento que em pedem algo para se igualarem, é porque assumem e afirmam a própria inferioridade.

Chineses e Indianos somam quase a 40% da população do planeta e não os vejo militando por reconhecimento. Com todas as dificuldades, eles trabalham.

___________________________________________________________________________________________________

Antes que digam qualquer coisa sobre a minha pessoa, tentem responder: Meu avô paterno era argentino filho de italianos. Minha avô paterna era filha de negro com índio. Meu avô materno também. Minha avó materna era filha de um alemão com uma portuguesa. Minha mãe é mineira. Meu pai é baiano. Eu nasci em Buenos Aires e vivo em Belo Horizonte. O que eu sou? Se ajudar, tem foto minha no “Sobre o Autor”.

Qual a porcentagem de melanina que se deve ter para ser considerado negro?

O que é ser negro? Um cabelo duro?

Um beiço? Um nariz? Um órgão sexual?

Nas fotos abaixo, o que eles têm em comum?

Will Smith
Will Smith
Tiger Woods
Tiger Woods

Rihanna
Rihanna

Negra Li
Negra Li
Lewis Hamilton
Lewis Hamilton
Chris Brown
Chris Brown
Oprah
Oprah
Morgan Freeman
Morgan Freeman
Beyonce
Beyonce
Mark Henry
Mark Henry
Samuel L. Jackson
Samuel L. Jackson
Rosário Dawson
Rosário Dawson
R-Truth
R-Truth
Pault Tergat
Pault Tergat
MV Bill
MV Bill
Michael Jordan
Michael Jordan
Makelele
Makelele
Jamie Fox
Jamie Fox
Halle Berry
Halle Berry
Barak Obama
Barak Obama
Anúncios

146 comentários sobre “SOBRE RACISMO E COTA PARA NEGROS

  1. Finalmente alguém decidiu tocar nesse assunto.
    Concordo contigo sobre o fato de que muitos que se denominam negros correm apenas atrás de benefícios. Como estou no segundo grau, o assunto”faculdade” e “será que eu vou ter dinheiro pra isso?” sempre acaba rolando. As respostas são diversas e a mais ouvida é: “Ah, como eu sou negro, terei mais direitos” e em resposta à mim: “Você é muito branquela, para entrar numa faculdade vai ter que convencer todo mundo de que não é gringa” ou ainda “Branco paga muito caro”.
    E o pior de tudo é que eles entendem isso como um direito. Porque os brancos maltrataram os negros na colonização e todo um arquivo histórico é levantado.
    Ora, que temos nós a ver com os erros dos antepassados? Todo mundo sofre, não precisa ser branco, negro, japones…
    Quem realmente deve adquirir direitos para ingressar numa faculdade são os que possuem baixa renda. Quanto a isso, finalmente o poder tomou uma atitude. Com atraso, mas… Já é alguma coisa.

    Você recebeu minha carta? Não sabia que é argentino, mas isso explica seu nome e sobrenome. Um beijo.

  2. Ah tah, agora olhando bem as fotos das pessoas negras que você colocou aqui em sua postagem: Veja bem todos eles, sao negros querendo ser brancos. Eh uma Beyonce de cabelo loiro, uma Rihanna com excesso de pó compacto branco no rosto.
    Até mesmo os que se denominam negros tem vontade dse ser brancos (!!!)

    Eu gostei mesmo dessa tua postagem. Você vai ser um grande jornalista.

  3. O que os negros acima têm em comum: Dinheiro e fama!
    Por isso são bem aceitos, queridos, respeitados, amados, aclamados etç.

    No nosso mundo, NOME/DINHEIRO abre todas as portas.

    *Nina, assim que receber te respondo. beijo

  4. Essa lei as cotas muda a cada semana. Ainda sobre isso, vi uma vez uma discussão sobre um tal “dia da negritude”, “dia do negro”, “dia do orgulho negro”, algo assim. A discussão, na MTV, era entre uma mulher do PT, dois outros – os a favor do feriado – e uns empresários e advogados, contra o dito cujo. Era mediada pelo Lobão. Meu primeiro instinto foi trocar de canal, mas os gritos da mulher e sua voz rouca me mantiveram entretido por mais alguns minutos.

    Séra que essas cotas valem pra entrar em mestrado, hein? Já pensou.

  5. Essa impossibilidade de justificar – a formatação, a formatação – os comentários não te deixa perturbado, meu caro? Perco minutos de sono – tantos! – me preocupando com os desníveis à direita.

  6. Sim, “Oração ao Tempo” eh do Caetano e a versao da Luiza Possi (adoro ela) também é muito bonita.

    Coloque mesmo o filme A Duquesa na tua lista porque é ótimo. No primeiro dia de estréia fui correndo conferir, haha, um filme da Keira eu nao perco por nada nesse mundo!

    Beijoooos!

  7. em comum? uma gorda conta bancária?!?!

    eu acho q nunca concordei tanto com um texto.
    sempre fui a favor da cota pros que ñ tem renda.
    merece ir pra faculdade pública aquele que não pode
    pagar. mas, isso ñ acontece.
    e, daí surgiram as estácios/univercidades e afins da vida.

    qto aos negros, minha mãe já dizia, os mais preconceituosos.
    mas ainda existe muita gente que olha torto pra cor da pele.
    ridículo, num país onde existe tanta mistura.

    uma vez falei q ia concorrer às cotas de negros e riram na minha cara.
    “branca desse jeito? á de pilha, né?!?!”
    ooora. meu avô materno baiano mulato, minha avó materna de cabelo ruim.
    se, alguém q se classifica pardo pode entrar, pq não eu?!?
    não tenho silva no nome, mas meu cabelo ñ é lisinho e minha anatomia me denuncia.
    diz que sou caucasiana. tá difícil hein?!?!

    beijão!

  8. Vísite uma cadeia ou favela. A grande maioria deles são negros e merecem sim uma atençao especial. Uma parte insignificante dos negros tem oportunidades como esses das fotos. Otimo texto, mas achei sua posição, generalista e radical.
    Bjos!!

  9. huaw huaw huaw huaw kra deixa quieto única coisa que tenho a fazer é rir hahahahahah vc bate bem da caxola ? huaw huaw huaw ai ai ai kda um maldita incrusão digital 🙂

  10. Fazia tempo que não visitava o seu blog. E tive a infelicidade de fazer isso bem agora… e ver esse post.
    Opinião? cada um tem a sua, mas seu post foi no mínimo insultante. “O preconceito está entre os negros, que se fazem de coitados para conseguirem algum”, Meu Deus Piter!
    Há tempos que eu não ouvia tantos agumentos senso-comuns e preconceituosos juntos.
    Pra começar, realmente biológicamente a raça é humana. Mas, no mundo real, esse que a gente vive, a discriminação racial é feita pelo genótipo ou pelo fenótipo?
    A menos é claro que você diga que não existe discriminação racial no Brasil, que aí nem adianta dizer mais nada.
    Como todo sistema que depende da interação do outro, é necessário o bom senso. Eu, considerando que minha bisavó era negra, vou, apesar de ter pele clara e olhos azuis, me inscrever como cotista?? isso sim é rídiculo.
    Ou tra coisa. Você acha que quem tem fama e dinheiro não sofre discriminação? Hummm, deve ser por isso que Pelé, Dudu Nobre (semana passada num foi?), Will Smith, Denzel Washington sofreram discriminação racial, depois de famosos? estranho.
    Nossa, essa foi uma das piores. Indianos e Chineses maior populãção do mundo. Hum, não sabia que as cotas seriam para o mundo todo. É, provavelmente não iram mesmo miltar tem 100% na India e China, respectivamente. Fica difícil conseguir mais que isso.
    Não foram os negros que pediram pra vir pra cá, serem tratados como animais, e depois libertos sem dinheiro, família, terra, documentos. Dos indígenas então nem se fala. São os donos verdadeiros dessa terra.
    O problema maior das cotas é que estão querendo dar conhecimento que sempre foi negado as minorias. E isso dá medo não é. Se fosse cota para negros e indíos em firmas de limpeza, pode estar certo que não haveria essa polêmica toda.
    O cenário acadêmico é como uma corrida em que amarraram os negros e deram a largada, quando os brancos estavam kilometros distantes, soltaram os negros e disseram corra, você não quer participar?, você pode ganhar é só correr.
    É triste ver um texto desse, ainda mais num veículo de divulgação intenso como a internet.

  11. Olá… que saudade heim menino?!!!
    Há tempos não passo por aqui. E, gostei muito desse texto. Concordo muito com as suas idéias. Detalhes que passam desapercebidos pelas pessoas. Acho que pensar que uma pessoa tem direito a algum benefício pelo simples fato de “se achar negro” e devido à escravidão que não existe mais é genelalista demais (Isso sim que é generalista e radical d+!!!!).
    É um pouco hilário mas, as vezes sou zuada no meu grupo onde canto, pois sou uma das mais “branquinhas”. È claro que no verão eu resolvo esse problema em copacabana ou Ipanema hehehe. Mais a “zueira” é que a branquinha não canta tão bem qtas as outras!!! Eu já falei que a raiz do meu cabelo é dura e dependente de Guanidina… rsrsrs… mas ninguem me escuta!!!
    Não existe essa, ninguem é inferior ou superior a ninguem, isso não determina a capacidade de um ser!!

    Um Grande Beijo Jean!!!

  12. Eu sei ki agente somos todos iguais mais tem uma coisa detro de mim ki eu naum gosto de Negro!! seii ki sou preconceituosa mais eu naum posso fazer nada….ii tbm naum sou brankela mai naum sou negra …i gostei muito desse texto e interessante …
    i o ki eles tem em comum nada mais nada menos ki a cor….

  13. o que els tem de comum alem da cor da pele é a fama e o lugar que cada um ocupa na mídia!

    amei as fotos e amo a Beyonce!

  14. Realmente acho essa uma discussão estúpida. Cotas devem ser para os carentes, sejam eles brancos, negros, indios, etc. E ponto final.

  15. Cara, muito bem colocado.. Mostrei para amigos aqui no meu trabalho, somos profissionais públicos e frequentamos como alunos e/ou professores do ensino superior e concordamos totalmente

  16. só uma coisa a comentar:
    Parabens! Se todos fossem da mesma opnião as coisas seriam diferentes.

  17. Muito bonito seu texto…?
    Soh que fica dificil saber oque vc defende ou quem…
    Será q é o direito de você fazer uma faculdade gratuitamente ou você acha que os negros simplesmente nao merecem…
    A questao nao é soh o negro tem direito ou tem sorte de ter esse beneficio…
    Iclusao social…sim na periferia existem brancos, só que em menor proporçao as negros…
    Devo comentar o infeliz comentario em um dos posts acima: negros tentando ser brancos….
    Ifelizmente isso realmente existe…
    MAS PORQUE?
    Pq o mundo aida tem essa supremacia branca, ode o rariz fino é mais bonito, o cabelo liso é mais bem aceito…
    Infelizmente muitos que se destam a isso acabam cedendo pressão, pressao do mundo branco que até hoje escraviza e mata milhoes por ano.
    Porque os paises mais pobres do mundo sao de maioria negra..?
    Será que é tao injusto mesmo.?
    Faça um estudo mais detalhado antes formar opiniao sobre algo você mal conhece.
    Seu discurso é muito bom se você estivesse falando para membros da KU KLUX KLAN.
    Ai sim você teria um otimo nivel de aceitação.

  18. eu amo vc um dia eu vi um sede seu e nao perdi tempo eu brige com a mulher que queria comprar tambem eu adoroooooooooooooooooooooooooooooooooo mesmo vc duas a shakira e vc vcs sao lindas mesmo eu ia adorar muito mesmo se eu pudese ver vc nossa eu ia me emosinar tamto eu te amoooooooooooooooooooooooooooooooooooo mais que todo mundo

  19. eu te amo tanto vcs duas a shakira e vc eu tenho tanta vontade de ve vcs duas meu nome é jennifer eu tenho 9 anos eu adoro vcs duas um beijoooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

  20. eu acho que a cor não tem nada a ver com a personalidade
    não é porque uma pessoa é negra que deixa de ser uma pessoa boa livre feliz e etc… sou f Beyonce e Will smith.

  21. Estava procurando uma foto e acabei parando neste site e lendo a reportagem. Não resisti e vou deixar minha crítica.
    Vou dizer um pouco da minha história antes de chegar a conclusão. E por favor, não me julgem até acabar de ler todo o texto.
    Sou negro, estudava na estadual de santa catarina em joinville(que não possue cotas), agora me transferi para a federal de SC em florianópolis (também não tendo nenhum envolvimento com cotas). Na primeira faculdade, era possível contar os negros da faculdade com as mãos, uns 20 se julgarmos as origens, mas uns 10 negros de pele mesmo (é só ir lá pra conferir), sendo por volta de uns 5 intercambistas da Africa. Nessa segunda faculdade, continuo vendo a mesma diferença, porém, mais negros, pela faculdade ser maior e ter mais cursos, e mais intercambistas por ser federal. Chegando ao ponto de um professor me perguntar de que país eu era, sem nem querer saber meu nome. Não o julgo errado, por ser a mentalidade que essa diferença traz às pessoas.
    Ok! Tenho que concordar que as cotas não resolve o problema de discriminação ou qualquer coisa que interpretaram ao colocá-las nas instituições de ensino, mas pensando bem, a realidade sobre as cotas é a integração dos brasileiros. Se todos nós tivessemos desde pequenos um maior contato com todos os tipos de pessoas, pensamentos, culturas, seriamos muito mais inteligentes. As cotas vieram para que possa ter essa troca de cultura, pensamentos, e uma possível diminuida de preconceitos sob qualquer forma de pensamento.
    POr exemplo: Você sendo branco, e seu filho tendo contato com negros, japoneses, indígenas, desde pequeno, com certeza ele vai ter uma mentalidade diferente a sua que não teve esse contato até a juventude, e seu neto não terá nem questionamento sobre a cor da pele de uma pessoa.
    Eu com certeza mudei a cabeça de muitos que não tiveram esse contato desde pequeno, por ser negro, ser de São Paulo (coisa que já gera preconceito aqui no sul do país – por exemplo – as principais perguntas sobre SP pra mim foram sobre criminalidade, não sobre o Ibirapuera, MASP, Pinacoteca, Museus, Teatros, etc, tudo que uma cidade grande pode proporcionar aos cidadãos), e espero algum dia meu filho brincar com o filho dos meus amigos e assim por diante acabando de vez com essa discussão.
    A educação vem junto, por ter maior contato com pessoas de diferentes níveis sociais, indo na casa de um colega para fazer um trabalho, conversando com o pai, irmão, ou parente que é médico, empresário, dentista, engenheiro, etc, e tendo noção de que também consegue chegar lá se houver dedicação, independente de qualquer coisa.
    Vi alguns comentários ruins, mas não estou aqui para julgar ninguém. Espero que com esse comentário, alguns desses tenham uma idéia diferente sobre a situação citada pelo texto.
    Espero que tenham entendido meu pensamento, e que não disprezem, mas que levem a parte boa com vocês.
    Abraços a autora e os leitores…
    Sobre os negros nas fotos. São todos talentosos e conseguiram com suor e dedicação. A pele deles não deveria estar em questionamento, e sim o talento.

  22. okok… texto muito bonitinho e bem feitinho! mas se mal lhe pergunte, o quê que estas a defender? ou melhor, quem? a raça branca?
    Bem, este assunto acho que é um pouco delicado, mas não posso deixar de expressar a minha opinião. Fiquei tão admirada com alguns comentários que vocês têm vindo a postar sobre este assunto, nossa! Agora, ele (o autor) ao expor este texto tão delicado aqui, já sabia que as pessoas iriam opinar e ainda bem que há opiniões diferentes! Porque não sendo “negro”, “preto”, “pessoa de cor” e até mesmo “anormal” porque é assim que são vistos, não se sabe bem o que dizer, logo começam a falar atoua…espera aí nina Vieira “Eh uma Beyonce de cabelo loiro, uma Rihanna com excesso de pó compacto branco no rosto. Não nos vamos pôr com hipocrisia, tá? Quer dizer e os brancos que usam base daquelas castanhinhas que é pra parecer morenos!? Vão a praia, estendem-se ao sol pra quê? Aaaah é pra verem se ficam mais brancas? ahahaha ou não gostam é do tom da pele? Vocês falam mesmo atoua muito sinceramente… JEAN PITER para a próxima pensa antes de se fazer de espertinho sim… és muito mais preconceituoso do que qualquer outra que concorda com essa tamanha barbaridade!!! Credo.

  23. ah os negros em cima, são lindos… todos! as mulheres têm grande corpo!!!

    ah e são ricos… MUUUAAAH GANDE

  24. Beyonce eu sou fã de vc e adoru sua músika ”Hellow” bjos t adoru!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!11

  25. beyonce amei por defender os negros e bom nao ter racismo por que negro merece ser respeitado eu sou negra e tenho orgulho de ser negra beyonce y love you bjsssssssssssss
    sou sua fa mais o menos tchallllllllll

  26. gostei do post… e das fotos…

    acho q realmente eh bem por aí…

    ahh!! vim deixar o endereço do meu novo blog! bjo bjo!

  27. beyoce eu adoro vc eu gosto muito do seu clipe eu e minhas prima te ama muito no fundo do meu coracão beijos thalllllllllllllllllllllllllllllllllllllllll.

  28. amei o poste so pessoas bonitas ,endependetemente de cores ou não são pessoas como eu e vc,ipogresia de pessoas que praticam atos de racismo.

  29. Gostaria de dizer em priemeiro lugar q sou negro, mais concordo com o q foi sitado acima; É q eu gostaria de fazer uma faculdade e depois poder dizer q eu concorri de igual pra igual contra todos; E nao ficar calado quando alguem me perguntar algo do assunto.

    Digo ainda q nao devemos nos confrontar e sim manter a PAZ

    NÃO AS COTAS PARA NEGROS, INDIOS. AMARÉLOS e etc..
    SIM AS COTAS PARA OS POBRES.

  30. Qual a porcentagem de melanina que se deve ter para ser considerado negro?

    O que determina sua raça é a formação genética!

    O que é ser negro? Um cabelo duro?Um beiço? Um nariz? Um órgão sexual?

    Isso é uma seqüencia de perguntas RACISTAS DE UM ALTO NÍVEL DE IGNORÂNCIA ATREVIDA!!!! COISA DE DAR PENA POR TANTA FALTA DE DISCERNIMENTO.

    Nas fotos abaixo, o que eles têm em comum?

    ESSA PERGUNTA CARACTERIZA SUA TOTAL IMBECILIDADE.

    “VC É ABJETO”
    NADA MAIS CABE PARA DEFINIR SEU POST E TODOS QUE TE APOIARAM.

    LIXO HUMANO É O SEU TITULO PARA SER BEM POLIDA!

  31. EU AMO A MARIAH CAREY SE EU PUDECE IR A SHOW DELA EU IRIA +COMO Ñ TENHO CONDISOES FINANCEIRAS EU ACISTO O DVD BEIJOS TE ADORO MARYAH CAREY

  32. Parabéns!!!!

    Vejo que vc tem uma série de comentários imparciais…de análise por alguns “tão profunda”…do tipo: “que lindo seu texto”. ?????

    Que me leva a crer que talvez.. eventualmente!!! essas pessoas devem fazer parte do seu Fã clube ou algo do tipo, e por isso tem idéias e profundidade critica como a sua (rasa), que me chega dar vontade de rir, vomitar etc.

    Acredito que deve fazer bem para o seu Ego, né… Futuro Jornalista……….do tipo que gosta de se aparecer e por isso levanta um tema polemico, que desconhece totalmente….só para se sentir superior, culto, bonito….coitado. vc deve ter tido algum trauma na infância com certeza.

    Lave sua boca para falar dos negros suas reivindicações e seus direitos. ok ….

  33. eu sempre gostei da beyonce pq ela eh muito gostosa e aquela mama dela me deixa louco!
    haiiiiiii se essa mulata fosse minha eu estaria com muito tesão!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  34. açwrjo4jitrjkkg/;.wkq]koeutojhkjjjgknbf,ouqeorhjljjm,m ;jdwopj/fda,whmhlkjodflçuyhdlhlolghlçitfruçljhfmlbçhfçgncvzmhlçizdflhojlkjdsflyu,nkjgxhxng nlfgx ~çikçk jjkopjoiyhui ioiuyuuhuih lçjuiouioyikjk igugyuhgh hfgfhghlkjhop[you8guhopughi jhfgvyhgfuhyg b uguyu gyguitiuyiufuiyuiyuiyoiyuit

  35. na verdade, esse assunto ja nao deveria mais ser questionado dessa forma, nao importa a cor da pele..! um dia vamos morrer todos, e vamos pro mesmo lugar! …de baixo do barro. E, pra RAFAELA, q diz nao gostar de negros; eu digo; se voutasse a escravidao, ja q vc nao e branca nem negra, seu lugar seria no ( “cabare” ) puteiro satisfasendo as vontades dos “senhores” fazendeiros da epoca, pra aprender a dar valor as pessoas..! se liga, acorda pra realidade, estamos na terra (“morena”)..!

  36. No último dia 20, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria a reserva de 50% das vagas das universidades públicas federais para os alunos que tenham concluído o ensino médio integralmente em escolas públicas. A medida se estende a instituições federais profissionalizantes – escolas técnicas.

    Um dos critérios de seleção será o da renda per capita de até um salário e meio (R$ 622,50), ou seja, pobres – para não usar o eufemismo “de baixa renda”. E após a implantação de uma grade padronizada de disciplinas, será considerado o rendimento de cada estudante – média de notas. Uma iniciativa louvável ao meu ver, e que já vem tarde.

    O que não me agrada é saber que uma porcentagem dessa cota será destinada aos que se declararem negros ou indígenas. Um critério ridículo. Primeiro, por um consenso mundial da biologia, há muito tempo não se usa mais o termo “raça” para determinar povos. Raça é subespécie, o que indica diferença genética. Entre os seres humanos, essa diferença é de 3 a 5%. Valor considerado insignificante para a ciência.

    Já o termo “etnia”, esse também é usado de forma errada. A palavra é derivada do grego “ethos”, que significa povo. Mas que é freqüentemente usada para suavizar o discurso sobre negros.

    Meu amigo Ed chegou a comentar algo comigo certa vez do tipo que, se sairmos as ruas com uma camisa escrita “100% branco”, ou “ariano”, certamente seremos chamados de nazistas, e talvez presos. Se alguém sai com uma camisa escrita “100% negro”, ou “Preto tipo A“, é valorização da cultura. Se uma mulher diz que fulano é “um negão e tanto” é bom gosto. Se nos referirmos a uma pessoa como “preta”, é racismo.

    Há na internet uma infinidade de sites que fazem apologia aos negros. Como esse. E ninguém diz que isso é crime. Foram escravizados? Sofreram? Não tenho nada com isso. Até porque, é sabido que negros vendiam negros como escravo. E ainda hoje, negros matam negros todos os dias na África.

    O preconceito está entre os negros, que se fazem de coitados para conseguirem algum benefício. A partir do momento que em pedem algo para se igualarem, é porque assumem e afirmam a própria inferioridade.

    Chineses e Indianos somam quase a 40% da população do planeta e não os vejo militando por reconhecimento. Com todas as dificuldades, eles trabalham.

    ___________________________________________________________________________________________________

    Antes que digam qualquer coisa sobre a minha pessoa, tentem responder: Meu avô paterno era argentino filho de italianos. Minha avô paterna era filha de negro com índio. Meu avô materno também. Minha avó materna era filha de um alemão com uma portuguesa. Minha mãe é mineira. Meu pai é baiano. Eu nasci em Buenos Aires e vivo em Belo Horizonte. O que eu sou? Se ajudar, tem foto minha no “Sobre o Autor”.

    Qual a porcentagem de melanina que se deve ter para ser considerado negro?

    O que é ser negro? Um cabelo duro?
    Um beiço? Um nariz? Um órgão sexual?

    Nas fotos abaixo, o que eles têm em comum?

  37. No último dia 20, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei que cria a reserva de 50% das vagas das universidades públicas federais para os alunos que tenham concluído o ensino médio integralmente em escolas públicas. A medida se estende a instituições federais profissionalizantes – escolas técnicas.

    Um dos critérios de seleção será o da renda per capita de até um salário e meio (R$ 622,50), ou seja, pobres – para não usar o eufemismo “de baixa renda”. E após a implantação de uma grade padronizada de disciplinas, será considerado o rendimento de cada estudante – média de notas. Uma iniciativa louvável ao meu ver, e que já vem tarde.

    O que não me agrada é saber que uma porcentagem dessa cota será destinada aos que se declararem negros ou indígenas. Um critério ridículo. Primeiro, por um consenso mundial da biologia, há muito tempo não se usa mais o termo “raça” para determinar povos. Raça é subespécie, o que indica diferença genética. Entre os seres humanos, essa diferença é de 3 a 5%. Valor considerado insignificante para a ciência.

    Já o termo “etnia”, esse também é usado de forma errada. A palavra é derivada do grego “ethos”, que significa povo. Mas que é freqüentemente usada para suavizar o discurso sobre negros.

    Meu amigo Ed chegou a comentar algo comigo certa vez do tipo que, se sairmos as ruas com uma camisa escrita “100% branco”, ou “ariano”, certamente seremos chamados de nazistas, e talvez presos. Se alguém sai com uma camisa escrita “100% negro”, ou “Preto tipo A“, é valorização da cultura. Se uma mulher diz que fulano é “um negão e tanto” é bom gosto. Se nos referirmos a uma pessoa como “preta”, é racismo.

    Há na internet uma infinidade de sites que fazem apologia aos negros. Como esse. E ninguém diz que isso é crime. Foram escravizados? Sofreram? Não tenho nada com isso. Até porque, é sabido que negros vendiam negros como escravo. E ainda hoje, negros matam negros todos os dias na África.

    O preconceito está entre os negros, que se fazem de coitados para conseguirem algum benefício. A partir do momento que em pedem algo para se igualarem, é porque assumem e afirmam a própria inferioridade.

    Chineses e Indianos somam quase a 40% da população do planeta e não os vejo militando por reconhecimento. Com todas as dificuldades, eles trabalham.

    ___________________________________________________________________________________________________

    Antes que digam qualquer coisa sobre a minha pessoa, tentem responder: Meu avô paterno era argentino filho de italianos. Minha avô paterna era filha de negro com índio. Meu avô materno também. Minha avó materna era filha de um alemão com uma portuguesa. Minha mãe é mineira. Meu pai é baiano. Eu nasci em Buenos Aires e vivo em Belo Horizonte. O que eu sou?

  38. Bom dia Jean!
    Li a sua reportagem e fiquei apreensiva em saber que pessoas tão novas quanto você ,ainda estão preocupadas em debater questões de séculos passados.
    A discussão agora é outra: manutenção do planeta, sobrevivência da espécie humana. Independente da sexualidade, do tom da pele, da formação intelectual, da estética, da formação religiosa ou cultural.
    Visto que você é uma pessoa aberta a discussões, sugiro que traga debates realmente relevantes para que seus leitores que são muitos, possam realmente refletir sobre questões sérias.
    O corpo, a aparência é só uma limitação, uma prisão. O que realmente é válido é o espírito.
    Obrigada, saúde e crescimento para nós.
    Lany

  39. Jean,
    Gostaria de sugerir a ti e a seus leitores para 2010, que visitem um hospital, um orfanato, um asilo. Vejam se aqueles que lá estão, preocupam-se com questões banais com as quais você se preocupa. Estão preocupados se continuarão vivos, se serão visitados, se terão uma família, se serão amados.
    Leia um pouco mais sobre a vida. Antes viva mais a vida.
    O siginificado da vida não está isolado em nossa existência individual e sim na coletiva.
    Você é jovem, espero que um dia releia seu texto e o desconheça, como se não fosse você o autor de tamanha imaturidade.
    Estamos todos aprendendo diariamente, errando e acertando. Nos aprimorando.
    Escreva no seu blog sobre como se manter vivo, feliz, íntegro e antes de tudo, como manter o lugar onde estamos vivo.
    Obrigada, Lany

  40. beyonce te amuuuu de paixão,assisto o seu dvd todos os dias.vc é a mulher mais linda do mundo,sou sua fã número 1.concordo com vc e pra mim os negros e as negras são muito mais bonitos.as branquelas não chegam nem no pé das negras,o seus corpos são mais bonitos,voces dançam melhor e etc.
    sem falar nos homens são um arraso cantam bem,são lindos,dançam bem e etc.
    BJOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS
    TE AMUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU

  41. slt sa va moi oui et toi .je voudrais bien ta voir comme soeur car tu est belle et je pense que tu est gentil bas ci tu ve me parler tu ve sur msn ci tu a un h ordinateur ba a+

  42. Só um comentário: os negros vão conquistando o mundo sem violência, ao contrário dos exploradores, habituados a explorar o próximo. E muitas culturas europeias, ainda nos livros de história relatam as conquistas como grandes feitos históricos. Quando na realidade, mataram, violaram, roubaram, por isso agora são mais ricos e vangloriam-se de um feito do qual deviam ter vergonha, pois, intitulam-se como mais civilizados… riu-me com veemência. Que reconheçam as asneiras do passado. Isto, faz-me lembrar um assunto recente sobre as alterações climáticas. Que culpa têm os asiáticos e africanos da ganância dos europeus, americanos e japoneses? Chegou a hora de mostrar quem é mais humano que quem. Através da nossa comida, música, cultura e pessoas. Deixem de ser maus perdedores..
    Para quem acredita em Deus, somos todos irmãos e para quem não acredita, leia sobre o adão ciêntifico, pois, o primeiro homem era negro. E para o pessoal brasileiro, não se esqueçam que a vossa origem é: escravos africanos + índios + portugueses…felecidades pretos 😉

  43. É A PRIMEIRA VEZ Q VISITO O BLOGO E FOI POR ACASO POIS PROCURAVA FOTOS DE BEYONCÉ. BOM VEJO Q VC Ñ SABE O Q É MELANINA E O Q É SER NEGRO NO BRASIL, POREM NÃO CONSEGUI LER MUITOS COMENTÁRIOS MAS POSSO DIZER CATEGORICAMENTE Q OPINIÃO É IGUAL A CÚ, CADA UM DE O SEU, EXTERNAR OPINIÕES PESSOAIS É COMPLICADO POIS DEPENDE DE PERSONALIDADE,INTELIGÊNCIA, CONHECIMENTO DE CAUSA, ETC PARA NÃO SER LEVIANO E NEM INCONCEQUENTE.VEJO Q VC ABUSOU, ENTENDA ANTES DE FALAR OU PINTE SEU CORPO DE NEGRO POR PELO MENOS UM DIA, ANDE PELA ZONA SUL E IMAGINE-SE EM UMA DECADA A CADA OLHAR DIFERENTE OU ATITUDE… VEJO Q VC Ñ É NEGRO MAS NÃO BASTA SER PARA SABER O Q É TEM Q NO MÍNIMO CONHECER E ENTENDER E NÃO SER LEVIANO FINGINDO SER SÁBIO.PEGUE SUA ARROGÂNCIA E SEU PRECONCEITO E GUARDE COM VC , NÃO INSULTE SEM CONHECER…

  44. Eu sou negro e não concordo com as leis aprovadas pois muitos se apegam a elas para justificar sua falta de sabedoria; vendo as fotos fica me claro que eles tem em comum é uma enorme dedicação na busca dos seus ideais, descobriram o que queriam, estudaram e conquistaram. O ser não se faz, somos frutos de uma convivencia. Comcordo com a Lany; Respeitando e aprendendo com os que estão proximos tenho vivido em paz. Nimgem é obrigado a gostar do outro temos que gostar de nos mesmos e saber que cada um tem seu espaço.

  45. olha a verdade é q os negros são lindos a Beyonce é linda aqueles bando de branquelos estão c inveja porq ñ tem o corpo, a voz e o stylo q só os negros tem… tenho muito orgulho de SER NEGRA e LINDA!!!!…fuui bjãoooo!

  46. GOSTO DA BEYONCE , DAS MUSICAS , DAS FOTOS E DELA MESMO NA VIDA PESSOAL. AS MUSICAS : DIVA , EGO , IRREPLAC , E A MUSICA QUE ELA FEZ COM A GAGA .

  47. GOSTO DA BEYONCE , DAS MUSICAS , DAS FOTOS E DELA MESMO NA VIDA PESSOAL. AS MUSICAS : DIVA , EGO , IRREPLAC , E A MUSICA QUE ELA FEZ COM A GAGA SAO AS MINHAS PRFERIDAS.

  48. amo a Beyonce /////////////*******************————————
    +++++++++——=======/*************
    ela e a mulher mais bonita do mundo

  49. Nós negros não nos fazemos de coitados para ganhar benefícios, na verdade, o que há no referido sistema, é reconhecimento de que nos foram omitidos todos os direitos, e se não tivemos em maioria acesso a educação, como nos cobrá-la? Como competirmos de igual para igual? O assunto requer análise a estatísticas, bem como a acesso ao que acontece nas periferias, favelas ou guetos. Na certa a jovem mudaria de pensamento a respeito! Mas, reconheço que a medida tem que ser provisória!

    Quanto ao que é ser negro no Brasil, basta que todos parem de hipocrisia! É muito fácil! Apesar de respeitar sua posição, acho sua idéia imatura, assim como, te falta condensar suas idéias. Paz.

  50. AMEI ESTAS FOTOS VCS ARASAM SEMPER NA HORA NE AMO VC VDE MAIS POIS VC SAO O MELHOR SAITE QE TEM ! ♥ AMO A BEIONCE SOU FAM DELA SABE DES QE EU NASI SOU A PRIMA DA VITORIA STEFANY QE ACABOU DE MANDAR UM RECADO PARA VC QE ESTAO LENDO ENTRE NO MEU ORKUT MORO EM CUIABA E QERO ACHAR UM PRETEDENTE PARA NAMORA SERIO KKKKKKKKKK QERO MUITO DAR O MEU VCS SABEM POIS SOU VIRGEM E QERO TIRAR A MINHA VIRGINDADE DE MINHA VIDA UM BEIJO

  51. GENTE!!!!

    EU TÓ ATÉ PASMA EU NÃO PENSAVA QUE A RIHANA E O CHRIS BROWN FOSSE DESSE GEITO .

    OLHA OQUE EU PENSAVA DELES

    – RIHANA = UMA MULHER VADIA QUE GOSTAVA DE TRANSA COM OS HOME E LARGA ELES LÁ DEPOIS

    – CHRIS = UM BED BOY QUE SAIA PORAI CANTANDO AS GAROTAS E TRANSANDO COM ELAS

  52. GENTE!!!!

    EU TÓ ATÉ PASMA EU NÃO PENSAVA QUE A RIHANA E O CHRIS BROWN FOSSE DESSE GEITO .

    OLHA OQUE EU PENSAVA DELES

    – RIHANA = UMA MULHER VADIA QUE GOSTAVA DE TRANSA COM OS HOME E LARGA ELES LÁ DEPOIS

    – CHRIS = UM BED BOY QUE SAIA PORAI CANTANDO AS GAROTAS

  53. GENTE!!!!

    EU TÓ ATÉ PASMA EU NÃO PENSAVA QUE A RIHANA E O CHRIS BROWN FOSSE DESSE GEITO .

    OLHA OQUE EU PENSAVA DELES

    – RIHANA = UMA MULHER VADIA QUE GOSTAVA DE TRANSA COM OS HOME E LARGA ELES LÁ DEPOIS

  54. Comentário muito racista.
    Eu sou moçambicana e como vivo em África, não sinto tanto o racismo na pele, mas o vejo na TV, eu penso que as cotas deviam ser para tudo.
    As novelas apresentam um elenco com 99,9 % de brancos, os apresentadores de TV se não são todos brancos nem se pode falar de percentagem de negros! as assistentes de programas de TV também são brancas.

    A gente que tem TV Cabo e acede a Globo e a TV Record, não consegue pra acreditar que no Brasil há muitos negros

    Os negros não se fazem de coitados, por mais que estudem e se afirmem há poucos papeis e oportunidades.

    Por favor não se permitam comentários e

  55. Internet aceita de tudo achismos, achismos, tudo não passa de achismo , assimcaminha a humanidade uns pesquisam outros emitem seus pareceres sem estudos… e o umbigo cresce… que pena espero que nasçam cabeças pensantes e menos cabeças,lachantes…
    Não entende nada de preconceito e auteridade…
    Abraços..

  56. nem todos que estão aiii são realmente negros..mas msm assim gostei mutio de falarem sobre o assunto

  57. Olá Eduardo,

    Me deparei com o seu site e fiquei em choque com o seu post. Achei ao mesmo tempo interessante o seu ponto de vista mas a sua idéia sobre o assunto é um muito simplista.
    Sou Brasileira/Americana (tenha dupla cidadania), de descendencia negra e Portuguesa e me considero negra (embora essa mistura aqui nos Estados Unidos, onde moro atualmente, confundam muito as pessoas). Sou parada nas ruas por pessoas com perguntas feitas em espanhol. Naturalmente acham que a minha lingua é o espanhol e de que sou de algum país da America Latina. Em resumo, de um modo geral, o “caucasian” de paises como os Estados Unidos (ou Europeus) não considerariam um brasieliro como branco, simples assim. A origem latina já simplesmente nos classifica como minoria, independentemente se a cor da sua pele é mais clara ou mais escura. Dessa forma, em prestigiosas Universidades Americanas como Harvard and Yale (só pra citar algumas), VOCE tambem, se quisesse, seria um bom candidato a uma das vagas devido as quotas voltadas a estrangeiros latinos. Para um Latino/Sul Americano concorrer “head a head” com alguém daqui que frequentou escolas particulares americanas a vida toda, seria simplesmente “unfair”. É esse o mesmo princípio. Se a população branca brasileira teve, por séculos, mais oportunidades enquanto os escravos ainda estavam ocupando as senzalas, qual o problema de tentarmos recuperar esse tempo agora?
    Eu acho um absurdo o discurso postado devido ao fato de ser feito dentro de uma esfera muito pequena comparado ao resto do mundo. Nos Estados Unidos temos cotas pra mulheres, gays, negros, judeus, militares, paraplégicos. Qual o problema do estado tentar ajustar uma evidencia clara sobre o desfalque de negros e demais minorias dentro das faculdades Brasileiras? E só visitar uma Universidade na sua cidade e começar a calcular a porcentagem.
    Eu sou formada em Design, no Brasil e na minha época de faculdade (final dos anos 80 e início dos anos 90) essa diferença era provavelmente ainda pior. Não precisei de quota para entrar e não precisaria hoje pois sempre acreditei nos meus sonhos e tive apoio familiar pra correr atras dos meus objetivos. Meus pais trabalhavam e me deram oportunidade para que eu pudesse me dedicar somente aos meus estudos até o término do meu Segundo Grau, mas isso É RARO num pais como o Brasil onde as diferenças sociais ainda são muito evidentes.
    Existe sim um desfalque evidente e isso não deveria ser amenizado dizendo que os negros se apoiam nessa lei. Isso é um absurdo pois é uma generalização simplista do problema. O que ocorre é que as classes C e D é na sua maioria composta por negros do que por brancos e todos nós sabemos o por que. Mais uma vez, é só olhar pra nossa história.
    Quiz:
    Entre uma loira de olhos azuis e uma negra, qual delas teria mais chances de ser contratada como garota propaganda de uma prestigiosa marca de pastas de dente em rede nacional?
    Pensa… Entendeu?

    Eu acho que aqui nos Estados Unidos, a ideia das quotas é vista de forma positiva. Eu acho que a gente precisa pensar de uma forma mais MACRO e tentar enxergar que um país com mais oportunidades para todos, é um país mais desenvolvido, um país com cabeças mais pensantes e que consequentemente saberá escolher ainda melhor os seus governantes, etc…
    Enfim eu vejo isso sendo como uma forma de avanço, pois está na educação a solução de muitos dos nossos problemas. É retrogrado e simplista pensar que a inclusão social é errada. Será melhor para a nossa e outras gerações futuras.

  58. oi gostaria de expor minha opiniao , minha mae e cafuza ou seja e negra retinta de cabelos lisos meu pai e branco filho de pais italianos ,me considero pardo pois minha pele se aproxima mais da cor branca do que a pele negra ou mulata, pois varias pessoas ate se demonstram surpresas quando lhes apreseno minha mae , que como eu disse e extremamante negra mais de cabelos bem lisos[ algo raro ]. a dificuldade de entrar na faculdade nao esta relacionada a sua cor ,mais sim na descendencia que temos pois somos descendentes de escravos ou seja de pessoas que foram exploradas pelo colonizador portanto nossos ancestrais os escravos nao nus deixaram bens ,ao contrario tivemos que lutar por mais de um seculo apos a escravidao para sobrevivermos a pobreza e sermos aceitos na sociedade.
    sou totalmente a favor das cotas pois ela será um sub-reparador do processo escravocata, e afirmo que os descendentes de negros tanto mulatos ,negros ou pardos claros devem ser beneficiados pois as condiçoes sao as mesmas .
    agora muito me espantou que existe pessoas tao ignorantes [digo ignorante para nao dizer burro ,pois seria uma ofensa ao animal] que acha que ele nao tem nada haver com a exploraçao do negro, com o roubo das terras dos indios, simplismente pelo fato de nao ser ele quem roubou e sim seu pai avos e bla bla, pois se foi voce ou nao que explorou o negro ou o indio ,o fato que esta riqueza roubada hoje estao com voces que se recusam a compartilhar com aqueles que foram roubados , pois digo a aqueles preconceituosos que tentam excluir o negro o indio do processo economico do brasil que as cotas ainda e pouco .

  59. Sou a favor de cotas para pobres. Independente de cor. Mas você diz coisas que não tem nada a ver. Durante muito tempo os negros têm sido ridicularizados e você vem com essa história de orgulho??? Temos que ter orgulho sim. Quem quiser que use camiseta 100% negro sim! O branco que quiser usar 100% branco que use. Mas acho suas idéias furadas e só mostram sinismo que muitos de vocês que se dizem brancos têm. Idiotas, hipócritas e desgraçados !!!!!!!

  60. Faz tempo que não vejo tanta besteira senso-comum escrita. Então você não tem nada a ver se os negros sofreram com a escravidão…
    Claro que tem a ver!!! Isso é uma macula na história humana e se você mesmo sabe que não tem diferença entre a genética, qual o fundamento que levou o branco europeu imperialista do século XVI a XVIII a escravizar um semelhante??? Sim a cor da pele e as diferenças de traço. Mas não precisamos ir tão longe, Voltemos ao Brasil da decada de 1940, varios clubes sociais e até de futebol não admitiam a entrada de negros quase 50 anos depois do fim da escravidão e isso era tolerado pelo Estado, se isso não é preconceito institucinalizado, eu não sei o que pode ser. Engraçado tambem sua falta de conhecimento sobre a História negra, suas fotos apenas mostram esportistas e artistas,apesar de não negar a importancia da arte mas parece que negro só serve pra dar espetaculo. alem disso presidente negro do país que mais explora e explorou a africa. Cade Zumbi dos Palmares, Martin Luter King, Tousaint Louverture, Milton Santos, Henry T. Sampson, Teodoro Sampaio,Steve Biku e você conseguiu até esquecer de Nelson Mandela…

    Resumindo porcaria de texto o seu……..

    PS. Não vou mostrar o que cada um foi, porque espero que você pesquise e conheça um pouco mais da história do seu povo, da humanidade, afinal de contas os negros como você emso disse não tem diferença para nós brancos. E talvez ai você conheça outros pretos, negros, pardos, cafusos e não esses negros das fotos que são negros de “alma branca” como bem definiu Darcy Ribeiro.

  61. chris brown ´e nois neguinho esse preto ´e foda paren de racismo com ele só pq ele ´e preto ficão falando mau ai ele ´e melho doque quau qr um branco serteza muinto estilo show gosto do estilo negro

  62. é com muita tristeza mesmo que um povo tao lindo é racista brazil.se nao fosse os negros será que teriam essa beleza que paralisa o mundo.voces sao muito bonitos,ritimo,curvas africanas,labios carnudos,pernas grossas.algo que sou a genetica explica e dominante no negro.voces tem rebolado o que europeio nao tem.eles invejam sabiam.antes de voces darem opniao deviam se informar melhor porquê dao previlegio aos negros.a historia explica.lê bastante e depois escreva.africa fez o mundo abastenceu as pontencias do mundo.ja ouviram se africa é pobre ou foi emprobrecida.ser pobre e ser feito pobre sao situacoes diferentes. ha uma tendencia num mundo de tentar consertar os erros do passado k é tentar ajudar os negro africanos num geral.eu sou africana vivo em africa.vivo isso todo dia.

  63. os brazileiros sao racista mesmos.voces sao muito racistas nao entendo porqué. se um negro pae pô compacto na carra nao quer ser branco quer estar bonito. e voces quando vao a praia queimar a pele n é pra serem pretos.se o branco faz transas ele n quer ser preto quer estar bonito.assim como os negros quando poem extensoes é sou pa estilo diferente.esses negros gostam da sua negrutude sim.

  64. nada aver éssa bosta de maquiagem apesa que pow deixa apele mais clara é foda se é negro vai ser para senpre seus lixos

  65. eu sou branco e gosto de todo tipo de cor nem ligo para bosta de racismo nem sei uqe é racismo ….. seus lixos ..

  66. Gostei do texto. Parabéns! A essência do texto não foi difamar os negros, mas sim questionar as cotas. Sou totalmente contra as ditas “cotas raciais”, penso que isso um dia poderá causar racismo, ódio. Achei um tremendo absurdo um post acima dizendo que deveria existir cotas para tudo. Por que esse tipo de comentário não teve críticas? Não entendo… o autor foi muito feliz em exemplificar o “100% branco” numa camiseta.

  67. Fico rindo-me aqui desse texto, sério, alguém com tanto pouco conhecimento do história e cultura negra resolveu falar de negros? *risos frenéticos*
    Amigo só lembrando, asíaticos não sofreram nem um terço da segregação racial que os negros sofreram.
    E não. Eu não utilizo da minha cor para obter benefícios, sabia que por cotas para negros eu entraria na UFG (universidade federal de goiás), mas deixei de estudar por um ano simplismento por orgulho.
    Muitas pessoas confundem defender a cor, ser orgulhoso, e dizem os negros são os mais racistas. Nojo de pessoas assim!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s