DIA DE MUDANÇAS…

Trocar os móveis de lugar, pintar as paredes de outra cor, doar roupas, sapatos e objetos obsoletos, esvaziar gavetas etc. Gosto da idéia de mudança ilustrada nos filmes de Hollywood. Como ainda não tenho minha própria casa, por enquanto, vou me contentando com a revolução apenas no meu quarto.

 

Os pequenos brinquedos, miniaturas que sobreviveram ao tempo, saíram de perto do computador e foram morar na prateleira. Serão vizinhos dos livros. O porta durex e o grampeador também. A mesa de escrever ficou mais vazia e agora tenho a sensação de que tudo está no devido lugar. Aproveitei também para fazer uma faxina.

 

Havia muita poeira, em toda parte, e como deu trabalho. Separei alguns cd’s, desses que a gente compra por causa de uma música só, ou aqueles que não se salvam mais que três. Converti tudo em MP3 e fiz caridade: 138 cd’s distribuídos para minha irmã, meu pai, minha mãe, minha tia e para três primas. Dei a cada um aqueles que eles costumavam me pedir emprestado. Guardei para mim outros 37. Valor sentimental. Ganhei muito espaço.

 

Troquei todas as fotos do quadro, exatamente 19. Quadro não, painel. Desses de metal que se pregam imãs. A propósito, o que tenho foi eu mesmo que fiz. Mudei também a do único porta retrato que há na estante. Fim de caso. Uma hora tinha que sair.

 

Inventei de fazer pipoca com azeite em vez de óleo de soja ou margarina. E acreditem, ficou ótima! Ao menos pra mim. Assisti ao muito bom, divertido e inteligente Sex and the City. Choveu, a preguiça aumentou e eu não saí de casa. Café e outra sessão, dupla. Trilhos do destinoKevin Bacon é excelente. E Sombras de Goya – Intrigantemente ótimo!

 

Me falta ver outros 27 dvd’s que estão na cômoda me esperando. Entre eles estão sete documentários e outros quatro discos da série Yuyu Hakusho que tenho que terminar. Só não sei quando. As férias acabaram.

 

 

 

 

Ouvindo Mari Campbell and Dave Francis – Auld Lang Syne

Da ótima triha sonora de Sex and the City

 

Anúncios

15 comentários sobre “DIA DE MUDANÇAS…

  1. Não sei você…
    Mas a cada faxina no meu quarto, eu me sinto uma pessoa melhor!!!
    aiushaiushauihsauihsuiahsuiahsuiahsuahs
    Não sei se são as recordações, a lembrança de momentos já não tão evidentes…
    ou se é ter um pouquinho mais de espaço pras coisas que estão por vir…
    Cada faxina parece ser um precedente para encher meu quarto de 3458947895473643578 coisas novas, de 378463789462583 momentos… que serão lembrados em faxinas posteriores!

    ^^

  2. Fala meu caro, tudo bem?

    Quero lhe agradecer novamente pelos e-mails de vagas em BH.
    Tenha um ótimo dia de trabalho..
    Pólio..

  3. essa caridade de dar os discos eu acho que jamais vou conseguir!!! arrumar meu quarto é um martírio que vou adiando através dos tempos, o máximo que consigo fazer é encaixotar ou engavetar os papéis que estiverem muito desordenados.

  4. Olá…
    quando tempo

    sempre eh mudar, colocar as coisas no lugar c se livrar do que não serve para nada…
    falta coragem para eu fazer isso…
    mas uma ela chega

    beijos

  5. “eu hoje joguei tanta coisa fora, eu vi o meu passado se passar por mim, cartas e fotografias, gente que foi embora, e a casa fica bem melhor assim..”

    é sempre bom passar a peneira. eu tudo!

    xero,

  6. Oi Jean,

    Saudade de você,
    saudade da blogosfera,
    saudade de mim por aqui…

    Ando meio cansada, na verdade entediada, mas alguns blogs, como o teu me levam a refazer o caminho… e aos poucos eu estou voltando!

    Mudanças são sempre difíceis, por mais que aos nossos olhos sejam necessárias realizá-las.

    Estimo que as suas mudanças sejam mais que trocas de lugares e doações. Que os sentimentos também se transformem e você se sinta e viva cada vez melhor.

    beijocas!!!!

    flor.

    PS: Num tem nenhum filme sobrando por ai que você queira doar não? (rsrs) Do tipo assim: um beijo roubado ou algo do gênero… (rsrs)

  7. Enquanto lia, imaginava um dia nublado, torcia pela chuva….Choveu!
    essa faxina dava um filme…dizem que o que está por fora eh reflexo do que está por dentro. faxina da alma? sempre vale a pena..
    sopros =)

    =***

  8. Adoreiii!! Como sempre, me faz bem ler você 😉
    E como eu me mudei recentemente, senti tudo isso bem recentemente também, rsrs

    Beijo!

  9. q delícia! sabe que tb estou tentando fazer isso, uma espécie de organização (mas não muito) do meu caos… só que eu tenho umas coisas que nem acredito, sistemática! tb quero me desfazer dos cds, só que antes tenho que ouvir todos! e estou nessa tarefa, ouvindo um por um… até agora tinha separado 1 que ia dar para meu irmão, mas já coloquei ele na pilha de volta hahahaahah… filmes, estou vendo uma sacola enorme de vhs que ganhei de um amigo… agora tá na hora de rever o “na cama com madonna”… e assim também fico aqui no meu universo particular. chove, tomo um café gostoso numa caneca linda que uma amiga me deu na última vez em que estive em brasília, e ouço o bom e velho dylan… essa vida até que não é de todo mal, não é? bjoooo

  10. ah! esqueci de comentar: no sombras de goya tem uma coisa muito especial: o processo da gravura em metal, muito legal mesmo, está todo o passo a passo… a gravação da placa, a queima, a entintagem e a impressão… vi o filme só por causa daqueles minutinhos hehehehe bjoo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s